.
 
 
AMRIGS condena cobranças irregulares em cesarianas
 
Notícias
 
     
   

Tamanho da fonte:


07/03/2017

AMRIGS condena cobranças irregulares em cesarianas

Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) recebeu a notícia com preocupação

A Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) ressalta que é veementemente contrária à cobrança financeira por parte de médicos que atendem pelo Sistema Único e Saúde (SUS), como no caso denunciado pela Polícia Federal em Itaqui (RS). A ação foi desencadeada pela Polícia Federal na manhã desta segunda-feira (06/03), cumprindo dois mandados de prisão preventiva. O presidente da entidade médica, Alfredo Floro Cantalice Neto, salienta que nenhum procedimento realizado pelo SUS deve ser cobrado do paciente. Além disso, a AMRIGS lembra que médicos conveniados ao IPE, e aos outros planos de saúde, não podem fazer cobranças paralelas, pois possuem credenciamento espontâneo com o convênio e, por isso, devem respeitar as normas. A AMRIGS possui uma atuante assessoria jurídica, caso médicos associados precisem de algum auxílio antes de firmar parcerias com convênios. A entidade médica do Rio Grande do Sul acredita que é fundamental a criação de novos concursos públicos com plano de carreira para o SUS.


Autor: Mariana da Rosa
Fonte: Play Press
Autor da Foto: Marcelo Matusiak

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 3779.0602