.
 
 
Churrasco pode ser vilão em casos de hipertensão
 
Notícias
 
     
   

Tamanho da fonte:


11/05/2017

Churrasco pode ser vilão em casos de hipertensão

Falta de exercícios físicos também contribui para o surgimento da doença que colocou Porto Alegre como a terceira capital brasileira com maior quantidade de pacientes

O excesso de consumo de sal e a falta de exercícios físicos são fatores que podem contribuir para o alto índice de pessoas hipertensas, em Porto Alegre (RS). Os números de uma recente pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde preocupam médicos da capital gaúcha, que tentam encontrar explicações para a posição da cidade, como a terceira capital brasileira com maior quantidade de pacientes diagnosticados com hipertensão: 28,2%. O diretor científico da Sociedade de Cardiologia do Rio Grande do Sul (Socergs) e sócio da Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS), Daniel Souto, comenta que não é possível fazer uma avaliação exata das causas, mas estima que uma das possibilidades possa ser o aumento do diagnóstico da doença.

- Os dados falam sobre quem fez o diagnóstico, portanto, podem corresponder ao aumento na procura médica, mas em uma pesquisa recente que realizamos na Socergs, observamos uma quantidade grande de pessoas que não têm hábitos saudáveis. Ou seja, os gaúchos se exercitam menos, comem mal e ingerem mais gordura e sal - explica Souto.

De acordo com o cardiologista, a quantidade ideal de consumo de sal é de cinco gramas em todas as refeições, durante o dia. Porém, quando o consumo é maior, pode-se tornar-se um fator de risco que colabora para a hipertensão. Neste cenário, o hábito do consumo de churrasco pode ser um vilão para a população, devido à alta quantidade de sal no preparo da refeição, em muitos casos.

- É muito importante ter hábitos de vida melhores, pois, quem faz atividades físicas, vai ter mais cuidado com a saúde. No entanto, para fazer exercícios é preciso ter disciplina. Contamos com praças e aparelhos de ginástica ao ar livre, ou até mesmo as academias, mas não adianta tudo isto se não tivermos vontade. Aqui ainda temos o fator climático. É muito quente no verão e muito frio no inverno e, desta forma, algumas pessoas encontram nesse fenômeno uma desculpa para não se exercitar - relata Souto.

Considerada uma epidemia silenciosa, a hipertensão pode ser detectada com a simples medição da pressão arterial. Para isso, a orientação é fazê-la após cinco a dez minutos em repouso, com a bexiga vazia, sem ter fumado ou tomado café 30 minutos antes e sem ter passado por um quadro de estresse prévio.

Além dos fatores de risco, a hipertensão pode ser causada pela carga genética, pelo envelhecimento das artérias e pela alteração do sódio no organismo. Dentre as principais consequências da doença, Souto destaca o acidente vascular cerebral (AVC), o infarto agudo do miocárdio, a doença das artérias periféricas e a dos rins. 


Autor: Francine Malessa
Fonte: Play Press
Autor da Foto: Marcelo Matusiak

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 3779.0602