.
 
 
Sedentarismo, má alimentação e baixa qualidade do sono: vilões da obesidade infantil
 
Notícias
 
     
   

Tamanho da fonte:


19/06/2017

Sedentarismo, má alimentação e baixa qualidade do sono: vilões da obesidade infantil

Dia da Conscientização Contra a Obesidade Mórbida Infantil é celebrado anualmente em 3 de junho

Ainda que quadros de sobrepeso e obesidade sejam um problema sério, muitas pessoas acham bonitinhas as crianças "fofinhas". Porém, de acordo com a pediatra do Comitê de Nutrologia da Sociedade de Pediatria do RS (SPRS), Márcia Andreia Schneider, muitas vezes os pais não percebem e essas crianças precisam de cuidados especiais.

- Na infância, a obesidade infantil pode provocar sérias complicações, como elevação da glicose, pré-diabetes e diabetes, elevação do colesterol, síndrome de ovários policísticos em adolescentes com irregularidade menstrual e hirsutismo (excesso de pelos), hipertensão arterial, fígado gorduroso, apneia do sono, aterosclerose com aumento do risco para infarto e derrame na vida adulta. Além disso, as crianças obesas podem ter uma série de consequências psicossociais, seja uma baixa autoestima, ansiedade, depressão, inclusive provocando alienação do convívio com os colegas - destaca Márcia Andreia Schneider.

A pediatra alerta para os males causados pelo sedentarismo, má alimentação e problemas com o sono. Um fenômeno comum é que, cada vez mais, crianças ficam muito tempo dentro de casa sem praticar brincadeiras na rua ou atividades físicas. Ficam sentadas em frente às telas de TV ou computadores. Além disso, as bebidas oferecidas aos pequenos são adoçadas, existe um exagerado consumo de fast-food, comidas prontas e ricas em gorduras, excesso de pão e carboidratos. São crianças que comem poucas frutas e legumes. Outro fator é a qualidade do sono. Evidências sugerem associação entre sono mais curto, ou com muito estímulo luminoso, e obesidade.

- O acúmulo de gordura na barriga da criança é um sinal de alerta comum da obesidade infantil.

Isto demonstra o tipo de gordura mais perigosa que é a gordura visceral, que costuma estar associado à síndrome metabólica que é um conjunto de achados, junto com o colesterol alto, a elevação da pressão, pré-diabetes e acúmulo de gordura no fígado. Se o seu filho está obeso, principalmente no abdômen, e tiver manchas escuras nas axilas ou pescoço, isto é muito provavelmente acantose, um sinal de predisposição ao diabetes, ele deve ser levado ao médico para iniciar uma dieta imediatamente - salienta.

Segundo a nutróloga, existe uma predisposição genética. Então, a chance de uma criança obesa permanecer um adulto obeso aumenta para 50% se um dos pais for obeso.  


Autor: Marcelo Matusiak
Fonte: Play Press

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 3779.0602