.
 
 
Assembleias debatem condições de trabalho de médicos credenciados no IPE-Saúde
 
Notícias
 
     
   

Tamanho da fonte:


20/07/2017

Assembleias debatem condições de trabalho de médicos credenciados no IPE-Saúde

Série de encontros ocorrerá no interior do Rio Grande do Sul e, ao final, contará com reunião em Porto Alegre para deliberações

Em defesa dos profissionais da saúde e com o objetivo de garantir condições de atendimento para os pacientes, as entidades médicas gaúchas estão promovendo assembleias para tratar sobre a defasagem do valor dos honorários pagos aos médicos credenciados do Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul (IPERGS). A Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) participa da iniciativa ao lado do Sindicato Médico do estado (SIMERS) e do Conselho Regional de Medicina gaúcho (CREMERS).

O primeiro encontro ocorreu em Rio Grande, no início de julho, contando também com a participação do Sindicato Médico do município (SIMERG). O conselheiro da AMRIGS, José Carlos Henrique Duarte dos Santos, destacou a necessidade dos debates para a categoria.

- É importante apresentar o problema para as comunidades. Apesar da crise do Estado, observamos um aumento no orçamento do IPERGS. Porém, não houve reajuste para os profissionais. Sem seus prestadores, não haveria assistência médica para os beneficiários. Além disso, queremos esclarecer para os pacientes que as condições não são as melhores para o nosso trabalho, o que afeta o atendimento à população – comentou Santos.

Os médicos anunciaram que podem promover uma paralisação caso as demandas não sejam atendidas pelo Instituto. Atualmente, o IPERGS conta com 7.343 médicos credenciados e não reajusta os valores pagos aos profissionais há seis anos. No ano passado, a receita da entidade alcançou R$ 1,7 bilhão e, entre 2012 e 2016, houve aumento das contribuições dos beneficiários do IPE-Saúde. Porém, a correção não foi repassada aos os médicos conveniados como pessoa física.

Também estiveram presentes o diretor do SIMERS, Jorge Eltz de Souza; o delegado do CREMERS, Fábio de Aguiar Lopes e o presidente do SIMERG, Horácio Brum. Com previsão de realizar outras assembleias no interior do estado, o próximo município a sediar o evento será Passo Fundo, dia 19 de julho. Já está prevista também uma reunião em Pelotas no dia 26.

A reivindicação por melhores condições para os profissionais cadastrados no IPERGS já ocorre há alguns anos e, devido ao descaso da administração do Instituto, a AMRIGS, o SIMERS e CREMERS retiraram-se de forma coletiva do Grupo Paritário do IPE-Saúde, do qual faziam parte desde 2004.


Autor: Francine Malessa
Fonte: Play Press
Autor da Foto: Maria da Graça Schneider

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 3779.0602