.
 
 
Veja dicas de como a família pode ajudar a evitar obesidade infantil
 
+ Saúde
 
     
   

Tamanho da fonte:


31/01/2018

Veja dicas de como a família pode ajudar a evitar obesidade infantil

Especialistas indicam pequenas mudanças que podem fazer a diferença

A alimentação extremamente natural, sem produtos processados e com refeições feitas exclusivamente em casa, não é fácil de ser alcançada pelas famílias. Mesmo com a turbulência do dia a dia, os especialistas alertam que os pais devem ficar atentos à alimentação dos filhos e indicam pequenas mudanças que podem fazer a diferença. Confira:

— Não exagere nas porções. O melhor é optar por um prato menor, o que ajuda a ter mais controle.

— Ofereça primeiro a carne e as verduras, e os carboidratos depois. A saciedade dependerá menos do arroz e da massa, por exemplo.

— Saia de perto da TV, do computador ou do smartphone no momento da refeição. Instrua a criança a comer devagar e longe das telas. Quando ela fica de olho na TV, nem percebe o que come, o que é prejudicial.

— Faça combinações. O lanche na cantina da escola pode ser esporádico, e o bolo de chocolate e o refri devem virar exceção, não regra.

— Não proíba totalmente o que a criança gosta de comer. A família deve encarar esses alimentos como somente de festinhas e eventos.

— Ao fazer as refeições, coloque a água na mesa, e não refrigerantes e sucos. Já no momento do preparo dos alimentos, use o mínimo de óleo possível. Acrescente na lista de exceções as frituras.

— Preparar a comida em casa é sempre a melhor alternativa. Quando não for possível, escolha os alimentos integrais, pois são menos processados e mais nutritivos.

— As refeições compartilhadas em família também são de extrema importância. O filho se sente estimulado e integrado. Os pais podem dar o exemplo.

— Envolver a criança no preparo da comida é outra alternativa, assim como sempre deixar disponíveis no prato a salada e os legumes, mesmo que ela não coma. A palavra-chave é a persistência (com uma boa dose de paciência).

Além do prato

Outros hábitos importantes para a vida saudável das crianças:

— Um sono regrado para a criança é essencial. Ao dormir e acordar mais tarde, há a tendência de pular o café da manhã, prejudicando uma das principais refeições do dia.

— Outro aspecto para além da alimentação é a prática de atividades físicas. Mesmo que a criança não goste de esportes, há saídas criativas.

— As crianças também devem ser incentivadas a praticar atividades físicas de forma lúdica, como, por exemplo, andar de bicicleta, skate e patins.

Fontes: nutrólogo Antonio Elias de Oliveira Filho, endocrinologista Zuleika Halpern, nutricionista materno-infantil Mariana Lopes de Brito, endocrinologista pediátrico César Geremia, endocrinologista Maria Edna de Melo e nutricionista Sueli Rosa Gama.


Autor: Nathália Carapeços
Fonte: Zero Hora

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 3779.0602