.
 
 
Vai viajar? Saiba como lidar com bebês e crianças
 
+ Saúde
 
     
   

Tamanho da fonte:


30/06/2018

Vai viajar? Saiba como lidar com bebês e crianças

Pediatra fala sobre como viajar de ônibus, carro e de avião com crianças pequenas

O planejamento de férias longas ou mesmo apenas alguns dias longe de casa já não é mais ou mesmo, depois que se têm filhos. O pediatra do Comitê de Desenvolvimento e Comportamento da Sociedade de Pediatria do RS (SPRS), Renato Santos Coelho, esclarece algumas dúvidas comuns dos pais em viagens de ônibus, de carro ou de avião com os pequenos. A primeira tarefa é planejar a viagem de acordo com a idade da criança.

- Meu primeiro conselho é perceber se essa viagem é importante ou necessária para cada fase da criança. Em muitos casos, os pais planejam férias em lugares que o filho ainda não vai aproveitar, mas que acaba demandando muitas horas dentro de um carro ou de um avião. Então, a primeira coisa é, em casos de férias, é refletir se é mesmo necessário viajar por dez ou doze horas com um bebê. Os pequenos ficam entediados e os pais precisam ter bastante paciência nestes casos – relata.

Em casos de viagens de avião, a sugestão do pediatra é oferecer o peito ou a mamadeira, para as crianças que estão em fase de amamentação, ou ainda a chupeta, no momento da decolagem e aterrissagem. Assim, os pais podem evitar que os pequenos sintam um desconforto devido à pressão causada nos ouvidos. Quando a viagem for longa convém andar com a criança pelos corredores do avião e lembrar de levar bastante brinquedo e entretenimento.

Para quem vai viajar ou passear de carro, o médico lembra que o primeiro passo é verificar se o bebê conforto ou cadeirinha estão de acordo com a necessidade da criança.

- Criança de até um ano devem estar em bebê conforto que fique virada de costas para a frente do carro. Nesta idade, eles ainda não conseguem controlar o pescoço totalmente e qualquer parada mais brusca do carro é perigosa, quando a cadeirinha está virada de frente. Além disso, deve se observar o tamanho e peso que são indicados no bebê conforto e na cadeirinha. Isso também é uma questão de segurança, pois o produto pode não aguentar uma parada brusca e soltar-se do veículo – explica.

O pediatra afirma que é preciso avaliar a rotina diária de sono da criança para planejar o melhor momento de viajar de carro.

- Se a criança tem o hábito de dormir um pouco depois do almoço, é uma dica aproveitar esse horário e viajar, assim ela não fica entediada tão rapidamente. Uma solução é oferecer brinquedos, tablets e TVs para que assistam algum desenho que gostem. Sempre lembrando que não deve, em nenhuma circunstância, deixar que a criança saia da cadeirinha. Esse é um dos principais sistemas de segurança e deve ser respeitado sempre, mesmo que já estejam chegando em casa ou que seja um passeio curto – ressalta.

Nas viagens de ônibus, Renato Santos Coelho alerta para que os pais confiram se a empresa possui bebê conforto, cadeirinhas ou acentos específicos para crianças. Além disso, usar cintos de segurança e observar que as pessoas próximas também estejam protegidas adequadamente com o cinto.


Autor: Mariana da Rosa
Fonte: Play Press

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 3779.0602