.
 
 
Simpósio incentiva humanização e maior envolvimento com pacientes no ambiente hospitalar
 
Notícias
 
     
   

Tamanho da fonte:


13/05/2019

Simpósio incentiva humanização e maior envolvimento com pacientes no ambiente hospitalar

Programação internacional reuniu 750 profissionais em dois dias de palestras e debates no Hospital Moinhos de Vento

Lidar de forma humana, transparente e profissional com situações delicadas que surgem no ambiente hospitalar é indispensável na área assistencial. Para debater o assunto e promover boas práticas, o Hospital Moinhos de Vento convidou enfermeiros e técnicos de Enfermagem, além de representantes de outras instituições de saúde, para o V Simpósio Internacional de Enfermagem. Reunindo um público de cerca de 750 pessoas, o evento ocorreu nesta quinta (9) e sexta-feira (10) no Anfiteatro Schwester Hilda Sturm, como parte das comemorações do Dia do Enfermeiro (12) e do Dia do Técnico em Enfermagem (20).
 
Para o superintendente Executivo do Moinhos de Vento, Mohamed Parrini, foi uma oportunidade para ampliar o conhecimento e qualificar ainda mais o cuidado na instituição. “Temos isso como marca do nosso trabalho. O propósito de cuidar de vidas está no nosso DNA”, afirmou. Fortalecer o envolvimento com os colaboradores também foi um dos objetivos do simpósio, segundo a superintendente Assistencial, Vania Röhsig. “Em um momento que campanhas internacionais como Nursing Now valorizam o papel dos profissionais da Enfermagem, é muito importante realizarmos este tipo de evento”, pontuou.
 
Comunicação na gestão de conflitos
 
Entre os destaques da programação, a enfermeira norte-americana Wilma Berends, da Johns Hopkins Medicine International, falou sobre gestão de conflitos e como conversas podem ser usadas de forma assertiva e transformadora. “Há várias causas de conflitos. É importante analisar bem os fatos, métodos, valores, cultura e experiências do grupo”, disse. Ela ainda reforçou a importância da comunicação nesse processo, chamando atenção para o cuidado de interpretar a situação antes de tomar qualquer atitude.
 
O primeiro dia do Simpósio ainda abordou o manejo de situações difíceis, como a notícia de um falecimento e a conversa com familiares sobre doação de órgãos. Essas e outras realidades delicadas da profissão foram aprofundadas pela coordenadora Assistencial do CTI Adulto, Daiana Barbosa. “O que eu posso fazer para ajudar uma família na dor? Precisamos estar preparados e agir de forma humanizada, olhar para as pessoas de forma verdadeira”, recomendou.
 
A programação ainda apresentou o relato do caso Julia Lima, a partir da explanação do pai, Francisco Cruz Lima. As considerações sobre a morte da jovem, então com 27 anos, foram transformadas em protocolos de segurança que, hoje, são aplicados em hospitais de todo o Brasil. Na sequência, foi realizada uma conversa sobre eventos adversos e atuação no Hospital Moinhos de Vento, com Aline Brenner (coordenadora de Qualidade e Segurança), Lia Leda (advogada e gerente jurídica) e o médico Paulo Schmitz (chefe do Serviço de Emergência).
 
O dia encerrou com palestra da coordenadora de Experiência do Paciente, Mariana Moraes. Ela apresentou tendências da saúde 4.0, com a aplicação de realidade aumentada, telemedicina, internet das coisas e big data. E abriu uma reflexão: "A diferença entre o serviço e a hospitalidade está no sentimento. O que a marca deixa?", questionou. 
 
Engajamento dos colaboradores
 
No segundo dia de debates, foram apresentados métodos para empoderar o paciente e qualificar os serviços prestados pela equipe hospitalar. Vania Röhsig conduziu a conversa com Rita Michel, diretora e coach executiva da Oficina Empresarial – Desenvolvimento, e Wania Baia, diretora Assistencial do Hospital Sírio-Libanês.
 
Rita detalhou a mentoria para o alcance de resultados – frisando que o termo não significa tempo de vida, mas expertise. “Mentoria é gerar conexão com o outro, através da relação bem construída. É um crescimento sustentável capaz de alterar a perspectiva do que acontece. Para os pacientes, gera experiência no cuidado, aumento no nível de satisfação e fortalecimento da conexão”, ressaltou.
 
Para Wania, o papel da liderança é essencial na melhoria do desempenho das equipes. “O gestor não precisa ter o conhecimento das melhores técnicas de todos os processos. O verdadeiro sucesso na carreira está na habilidade de lidar com as pessoas. A captação e retenção dos profissionais está cada vez mais difícil, por isso é fundamental entender suas necessidades e acolhê-los”, finalizou.
 
Destaque nacional
 
Durante a programação, o presidente do Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Sul (Coren-RS), Daniel Menezes de Souza, salientou a excelência da Enfermagem do Moinhos de Vento. Em março, a instituição recebeu o selo de qualidade do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) – sendo o único hospital no Sul do país com esse reconhecimento. "Além da certificação, o Moinhos conquistou a melhor pontuação do país no Programa Nacional de Qualidade do Cofen. É um orgulho para todos”, comemorou.
 
Gerente de Enfermagem do Moinhos de Vento, Rubia Maestri considerou o simpósio uma oportunidade significativa para compartilhar conhecimento. "São momentos como este que atualizamos práticas e recebemos melhorias que mudarão o tratamento aos pacientes, para que eles tenham os melhores resultados possíveis.” 

O simpósio encerrou com a entrega do Prêmio Dania, que homenageou profissionais que se destacaram por uma prática profissional exemplar e modificaram positivamente a experiência dos pacientes no Moinhos de Vento. 


Autor: Redação
Fonte: Critério
Autor da Foto: Leonardo Lenskij

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 3779.0602