.
 
 
Cura e autoestima
 
Notícias
 
     
   

Tamanho da fonte:


16/05/2019

Cura e autoestima

Tratamento da Oncoclínica Porto Alegre evita queda de cabelo durante a quimioterapia

Para preservar a qualidade de vida e promover o bem-estar de seus pacientes, a Oncoclínica Porto Alegre disponibiliza a tratamento de crioterapia. O procedimento tem sido uma alternativa importante para determinadas questões que costumam aparecer após o diagnóstico do câncer, como autoestima baixa, ansiedade, estresse e depressão, decorrentes da queda de cabelos ocasionada pela quimioterapia.

O Grupo Oncoclínicas é um dos pioneiros da crioterapia no país, aliando a tecnologia na busca pela cura do câncer. Trata- se de um procedimento inovador que estimula os folículos capilares do couro cabeludo e preserva os cabelos dos pacientes com câncer, mesmo durante o tratamento quimioterápico. A crioterapia é realizada por meio de um equipamento inglês, chamado ORBIS, testado em vários países da Europa, em mais de 2.000 pacientes submetidos a diferentes processos de quimioterapia, com uma taxa de sucesso que variou de 49% a 100% dos casos publicados.

Esse procedimento inovador utiliza uma touca gelada, em temperatura média de 4°C, para resfriar o couro cabeludo e promover a contração dos vasos sanguíneos. Esse resfriamento cria uma espécie de capa protetora que preserva os folículos pilosos e reduz a quantidade de medicamento que chega às raízes, reduzindo também as chances de queda.

A crioterapia não possui muitos efeitos colaterais graves e costuma ser bem tolerada pela maioria dos pacientes em tratamento oncológico. O que pode ocorrer são sintomas como a sensação de frio, dores de cabeça ou tontura. Esses desconfortos desaparecem rapidamente diante de resultados como a redução da perda de cabelo, a sensação de bem-estar e o aumento da autoestima.

A crioterapia pode ser aplicada em pacientes diagnosticados com a maioria dos tipos de câncer, com exceção dos casos de pacientes com câncer hematológico, como a leucemia e o linfoma. Pessoas que possuem alergia no couro cabeludo também não podem fazer essa terapia. 


Autor: Patrícia Jardim
Fonte: Martha Becker
Autor da Foto: Divulgação Martha Becker

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: contato@sissaude.com.br. (51) 3779.0602