.
 
 
Dia Nacional do Técnico e Auxiliar de Enfermagem
 
Notícias
 
     
   

Tamanho da fonte:


21/05/2020

Dia Nacional do Técnico e Auxiliar de Enfermagem

Docentes de Saúde do Senac Uruguaiana falam sobre a profissão

O mundo vive uma crise na saúde sem precedentes. Uma pandemia por causa de um vírus que até o momento não se conhece a cura e que já matou milhares de pessoas. A população está nas mãos dos profissionais de saúde e assim como a medicina, a enfermagem possui um papel essencial e extremamente importante para proteger e salvar vidas. O mundo bate palmas para os profissionais na linha de frente do combate a COVID-19 e, no próximo 20 de maio, é a vez das homenagens no Dia Nacional do Técnico e Auxiliar de Enfermagem. Andrise da Silva e Sidnei de Oliveira Junior, ambos docentes de Saúde do Senac Uruguaiana, explicam as competências e as áreas de atuação desses profissionais. Confira: 

Quem faz o quê no mundo da enfermagem? 

A enfermagem compreende as classes de auxiliar, técnico e enfermeiro, onde cada uma exerce as suas funções.

- Enfermeiro (nível superior):  planejamento, programação, orientação e supervisão das atividades de assistência de enfermagem. Prestação de cuidados diretos de enfermagem a pacientes em estado grave. Outras atividades relacionadas à gerência, prevenção e controle de doenças e infecções.

- Técnico em enfermagem (nível médio, técnico): assiste ao enfermeiro no planejamento, orientação, prestação de cuidados, prevenção de doenças. Executa as atividades de assistência de enfermagem, conforme seu nível de formação. Parte importante e atuante da equipe de saúde.

- Auxiliar de enfermagem (nível médio, auxiliar): prepara o paciente para consultas e exames, observa e reconhece sinais e sintomas e presta cuidados de higiene e conforto.

Áreas e Especialidades de atuação do Técnico em Enfermagem 

O Técnico em Enfermagem atua em conjunto com o enfermeiro na prestação de cuidados ao paciente em hospitais, clínicas, ambulatórios, estratégias de saúde da família, consultórios médicos, creches, spas, casa de repouso, etc. As especializações devem ter no mínimo 300h, e o profissional poderá se especializar em Instrumentação Cirúrgica, Nefrologia, Saúde Coletiva, Saúde do trabalhador, Terapia Intensiva, Urgência e Emergência, etc. 

Planejamento e ações 

Sidnei de Oliveira Junior é coordenador de Enfermagem do Hospital Santa Casa de Caridade e explica que a instituição realiza, desde janeiro, planejamento e ações com relação ao coronavírus, juntamente com outras instituições, como Unipampa, Secretaria Municipal de Saúde, Exército Brasileiro, etc. “Foram realizados fluxogramas de atendimento, capacitações dos profissionais e busca por materiais e insumos para suprir a demanda. Até hoje, a instituição não sofreu com a falta de materiais e insumos para o combate ao coronavírus”, relata o docente.

As ações seguem em escala ascendente, ainda mantendo a união importante com as outras instituições. “Foi criado o COE (Centro de Operações Especiais para o Covid-19), grupo de profissionais que planeja e organiza as ações sobre coronavírus na instituição”, comenta Sidnei. 

Sentimento de dever cumprido 

“Sinto um orgulho enorme em fazer parte dessa formação de profissionais, que atualmente estão sendo vistos mais de perto e a sua importância sendo exaltada. O Técnico em Enfermagem é aquele profissional que está ao lado do paciente durante 24h, é o primeiro que observa atentamente algum sinal de alteração. Estamos na linha de frente contra a Covid-19, exaustos, abdicando de coisas simples como alimentação ou ir ao banheiro, para melhor atender o paciente. Não há outra palavra que define, senão: orgulho! ”, relata a Enfermeira e pós-graduada em Administração Hospitalar, Andrise da Silva.

“No momento, em nível global, tem-se percebido a importância e relevância dos profissionais de enfermagem. Da saúde, somos os que permanecem 24h ao lado do paciente e de seus familiares e onde criamos vínculos importantíssimos para a melhora dos pacientes. Fico feliz em podermos demonstrar nossos valores cuidando de quem está precisando. Honro e fico orgulhoso de ver minha profissão fazendo a diferença para um mundo melhor, na base de profissionalismo, amor e compaixão”, expõe Sidnei de Oliveira Junior, Enfermeiro e Técnico em Enfermagem.


Autor: Redação
Fonte: Assessoria de Imprensa do SENAC/RS
Autor da Foto: Divulgação

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - cj 1101- Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: mappel@sissaude.com.br. (51) 2160-6581