.
 
 
Estudo do PROADI-SUS que avalia a eficácia da vacinação contra HPV inicia nova fase
 
Notícias
 
     
   

Tamanho da fonte:


02/12/2020

Estudo do PROADI-SUS que avalia a eficácia da vacinação contra HPV inicia nova fase

A pesquisa contará com amostras de mais de 13 mil pacientes vacinados, de todas as regiões do Brasil

O Papilomavírus Humano (HPV) é uma infecção sexualmente transmissível (IST), que infecta homens e mulheres em todo o mundo. Desde 2014, o Sistema Único de Saúde promove a vacinação contra o vírus HPV em crianças de nove a 14 anos e pacientes com imunidade baixa, como portadores de HIV e transplantados.

E para avaliar a eficácia da vacinação contra o HPV nas diferentes regiões brasileiras, o estudo POP-Brasil está iniciando uma nova fase de coleta, que começa em dezembro de 2020, no município de Campo Grande (MS) e São Luiz (MA), com o treinamento de profissionais da saúde das unidades que participarão da coleta de dados.

O estudo é promovido pelo Hospital Moinhos de Vento, dentro do âmbito do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS).

Entre os anos de 2015 e 2017, o estudo que ocorre através do projeto "Estudo Epidemiológico sobre a Prevalência Nacional de Infecção pelo HPV" avaliou a prevalência do vírus entre jovens de 16 a 25 anos, e na nova fase irá verificar se houve diminuição da prevalência e da persistência da infecção após a vacinação dos pacientes.

Ao todo, serão coletadas amostras de cerca de 15 mil pacientes, entre 16 e 25 anos, de todas das capitais brasileiras. Junto à coleta de material genital e sanguíneo, serão realizadas entrevistas para investigar possíveis padrões nas infecções.

A gestora do projeto, Dra. Eliana Wendland, explica que um estudo desse porte é imprescindível para o combate ao câncer de colo de útero, que também é um dos objetivos da Organização Mundial da Saúde (OMS)¹. "Esse estudo vai fornecer informações para o planejamento de novas medidas de combate ao HPV no Brasil, um dos principais causadores de câncer de colo uterino e de orofaringe" explica.

Referências:

https://vencerocancer.org.br/noticias-colo-uterino/oms-propoe-metas-para-controle-do-cancer-de-colo-de-utero-em-10-anos/

Sobre o PROADI-SUS

O Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde, PROADI-SUS, foi criado em 2009 com o propósito de apoiar e aprimorar o SUS por meio de projetos de capacitação de recursos humanos, pesquisa, avaliação e incorporação de tecnologias, gestão e assistência especializada demandados pelo Ministério da Saúde. Hoje, o programa reúne cinco hospitais sem fins lucrativos que são referência em qualidade médico-assistencial e gestão: Hospital Alemão Oswaldo Cruz, HCor, Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Moinhos de Vento e Hospital Sírio-Libanês. O PROADI-SUS é uma contrapartida pela imunidade fiscal dos hospitais participantes. Os projetos levam à população a expertise dos hospitais em iniciativas que atendem necessidades do SUS. Entre os principais benefícios do PROADI-SUS, destacam-se, entre outros, a redução de filas de espera; qualificação de profissionais; pesquisas do interesse da saúde pública para necessidades atuais da população brasileira; gestão do cuidado apoiada por inteligência artificial e melhoria da gestão de hospitais públicos e filantrópicos em todo o Brasil. Para mais informações sobre o Programa e projetos vigentes no atual triênio, acesse:

https://hospitais.proadi-sus.org.br


Autor: Juliana Vieira Paranaiba
Fonte: Assessoria de Imprensa

Imprimir Enviar link

Solicite aqui um artigo ou algum assunto de seu interesse!

Confira Também as Últimas Notícias abaixo!

 
 
 
 
 
 
 
Facebook
 
     
 
 
 
 
 
Newsletter
 
     
 
Cadastre seu email.
 
 
 
 
Interatividade
 
     
 

                         

 
 
.

SIS.SAÚDE - Sistema de Informação em Saúde - Brasil - R. Dr. Flores, 263 - cj 1101- Centro Porto Alegre - RS, 90020-120
O SIS.Saúde tem o propósito de prestar informações em saúde, não é um hospital ou clínica.
Não atendemos pacientes e não fornecemos tratamentos.
Administração do site e-mail: mappel@sissaude.com.br. (51) 2160-6581